segunda-feira, 8 de outubro de 2007

*Sem Movimentos Bruscos*







Cadê aquela foice que estava sobre o meu altar?
Me diga logo, onde está a foice...
E porque me olhas assim?
Só me responda, cadê a foice?
Foi só uma pergunta, não precisa gritar comigo....
E porque me olhas assim?
Preciso da foice para realizar uma tarefa,
Ontem mesmo vi você a olhando,
Até estranhei porque nunca ligou para essa foice....
Mas sem demora, me responda: sabe algo sobre a foice?
E que expressão assustada é essa meu amor?
Aconteceu algo?
Está chorando? Mas por quê?
Deixe-me te abraçar, venha comigo...
Hei o que é isso em suas mãos?
Minha foice?
O que está fazendo com ela meu amor?
E porque não me falou que estava com vc?
Pq me olha assim? Fiz algo de errado?
Ah já sei, esqueci a toalha molhada encima da cama de novo né....
Meu amor me dê a foice, vou guardá-la, vc precisa descansar...
Vai me devolva...
O que está fazendo? Vai me ferir assim....
Olha o que vc fez!
Pq fez isso meu amor?
E pq agora chora?
Está doendo muito...mas fique assim abraçada à mim,
Não faça movimentos bruscos,
É mto sangue, e a foice parece latejar dentro de mim
Mas continue me abraçando...
E oq vc disse?
Ah sim, não se preocupe meu amor...
Não estou com raiva de vc....
Só não entendo pq fez isso...
E dói tanto, mas fique aqui...
Está tudo confuso meu amor
Já não te escuto mais....
E essas sombras o que são?
Estou caindo me segure...
Ah sim, me coloque aqui no chão
Hei, aonde vai?
Fique aqui, isso...
Me deixe olhar seus olhos novamente...
Olha quanta coisa sai da gente...
É algo vermelho e denso,
Parece até com sangue..
Oq vc disse?
É sangue?
Mas pq estou sangrando meu amor?
E pq tem uma foice cravada em mim?
E pq tudo está tão escuro?
Meu amor eu não consigo me mexer...
E pq me olhas assim?
By Camila Passatuto

Um comentário:

Aline Matos disse...

sobre este texto eu faço questão de comentar pessoalmente....

abraços filhote!