segunda-feira, 15 de outubro de 2007

*Mulher*



Ela não foi uma criança feliz,
E na adolescência...
Ah, ela não conseguiu me conquistar.
Sempre permanece calma,
Talvez seja para esconder de mim
Aquela ferida que grita em sua alma.
Ela não foi uma jovem normal,
E na faculdade...
Ah, ela não conseguiu se drogar.
Observa-me todos os dias ao passar,
Talvez ela queira caminhar como...
Como eu caminho...e sofrer...
Sofrer como sofro.
Ela não é uma mulher completa,
E na cama...
Ah, ela não soube como reagir.
Desejou-me ali naquele instante
E só não gritou meu nome porque...
Porque nunca teve coragem de...
De perguntar por meu nome.
By Camila Passatuto

7 comentários:

natalia disse...

e hoje, o que aconteceu com ela?
parabéns pelo Blog viu?

Bernardo Lima disse...

mt bom blog...espero retornar...
e como andas ela?
rsrs
bj

Deborah Thammer disse...

Olhaaa..
Te achei Camila!
Vc tinha passado no meu blog,
antes e não tinha
link pro seu.
Beeem..adorei!
Mt bacana o que vc
escreve.
É coragem...
Seja para o que for,
tê-la ou usar de,
é muuito importante.
Tô precisando de mais coragem
agora.Heheheee
Beijo.
(http://www.casa1383.myblog.com.br

MaxReinert disse...

Oi.... brigadão pela visita no Blog... este espaço aqui tbm é muito interessante... com certeza voltarei pra visitar outras vezes!!!!

bjzzzzzzzzzz

Aline disse...

tive que vir ler isso aqui... te ler é mesmo te ler!
abraços querida

Pk Ninguém disse...

Esse é tipo de texto que da gosto de ler e dá vontade de voltarmos para conferir o que mais a mente criativa pode nos presentear!

Zanfa disse...

Bacana o texto, tá legal o blog ein?

Seria uma auto-biografia? =p