sexta-feira, 15 de agosto de 2008

*Escrita 200*


Pelas ruas de Havana deixo um rastro de sangue
A saudade que aquela menina plantou em mim...
Os homens procuram abrigo em livros sagrados.
Os homens esqueceram das meninas de Havana.

A saudade que aquela menina plantou em mim...
Deus aponta para o céu e te mostra a salvação,
Eu miro uma arma arcaica, meu inimigo cai, a morte.
Pelas praças o grito de recolher, o gozo de uma saudade.

Ela anda sozinha pelo cinza de Havana, linda e estranha.
A rua deserta...um grito, um giro, um livro sob seus pés,
Os homens procuram abrigo em livros sagrados, homens.
A menina me procura entre suas pernas, entre, suas mãos.

Pelas lembranças de soldados, uma revolução vermelha;
Eu tinha uma saudade, uma arma, uma mira, uma virgem.
A saudade que a guerra gerou, um amor em Havana, um livro.

A menina hoje dorme, sente dor. Minha alma a ama sem qualquer pudor.



By Camila Passatuto

30 comentários:

Thaíssa Vasconcelos disse...

Qual a sua ligação com Cuba???

Morgαnα disse...

Muito bonito seu post...
Ruas de Havana... aliás aonde fica Havana?
x]

Beijoos

LiLith disse...

Muito legal!
Adorei.

;*

http://lilithcontodefarsas.blogspot.com/

Ricardo Jung disse...

droga... eu ia fazer o primeiro comentário... as 22 e 5, mas a mallu não deixou...

deleite-se na face mais excusa da ternura esquecida dona bela... que o negro e o vermelho também descansem à brisa de Havana

Flá Absolut disse...

Nussa, que texto profundo, e lindoooo, eu gostei... bem, digamos.... original

luciana disse...

noossa, forte, intenso

Homenzinho de barba mal feita disse...

Havana tem todo um clima, propício á poesia, é um lugar encantador!!!

Bjos!!!



http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

Flá Absolut disse...

Lindo e profundo.... estou bem assim como vc escreveu.... caiu como uma luva esse texto acreditaaaaaaa

parabéns

Euzer Lopes disse...

A força dos versos e a profundidade do texto fazem o coração ficar apertadinho, dolorido, uma vontade de abraçar tão grande.
Amei.

Fernanda Maria disse...

Camila,
Vim retribuir a visita ao meu blog;
Obrigada e...tambem pra dizer que gostei muito do seu blog, adoro poesias e acredite se quiser,tambem escrevia,tinha quatro cadernos cheios de poesias mas ai, a inspiração foi embora ou sei lá o que houve...mas hojegosto mais de escrever simplesmente.
Parabens pelo blog, os posts são bem legais e a escolha das imagens são otimas.
Abraço grande e ate mais****

Eurotica. disse...

guria, não canso de dizer, você escreve muito:)

blog atualizado:)

www.cinta-a-liga.blogspot.com

Eurotica. disse...

bela cami:)
blog atualizado
http://cinta-a-liga.blogspot.com/

bom resto de semana:)

Jonatas Fróes disse...

Muito bacana, poesia histórica que nos faz acordar para uma revolução recente e contínua. Gostei da simplicidade das suas palavras, fácil entendimento.

;*

Musikaholic

Sammyra Santana disse...

arrasou... fiquei vidrada em seus poemas!
tá de parabéns mesmo

Pedro Pyratero disse...

odeio esses tipos de blog...blahhh...que merda em ...http://pedropyratero.blogspot.com/

Anna disse...

Na real poesia não é lá muito a minha cara. Eu nunca consegui escrever, hehe

Mas achei legal a profundidade como vc colocou..
mesmo.
Vim agradecer a visita e gostei do que vi.

r4f4 disse...

Gostei do blog, bela estética.

riq15 disse...

não conheço havana pra, tipo, tentar interpretar seu ponto de vista, mas simplismente me encatei por esse poema, minha vontade foi de bater palmas qnd acabei de ler, mas iam me achá doidão
xP
http://www.acasadassetepessoas.blogspot.com/

fOr'll'y disse...

havana, um belo lugar.
e suas palavras mais belas ainda :D
total harmonia com a escrita. muito belo mesmo texto :)
passarei mais vezes .

Ane disse...

Legal o texto!
A menina seria sua infância??

HoneyBee disse...

Sendo estupidamente sincera, não curto blogs de poesia. Mas acho que você fugiu do padrão com o tema dessa poesia.

Melhor do que a maioria que leio por aí.

Um abraço.

henrique disse...

Show seu texto Camila !
Conteudo intenso, pela ideia de um poeta-adulto, Parabéns !
Bjs...

Graziela disse...

Nas ruas de Havana tudo pode acontecer...

http://marretada.zip.net/

Tatiana C. Mendes disse...

Lindo! Adorei o texto, o amor, a menina antes virgem que se perde nos braços do soltado, mas depois se vai pela vida afora, embora, adentrando, por entre embalos de tiros, nos portões da morte... (minha interpretação).

É tudo tão leve, que fica até difícil perceber, o que adoro. Gosto de textos assim, que horas se revelam, outras mais se escondem... Se minha interpretação foi muito falha, perdoe-me, talvez seja um mal filosófico de levar tudo para o "pessoal", dos lados...

Abraços,
Tatiana

Ilana&Cia disse...

gostei muito do texto!
q talento hein?

ღ_☆Lu☆_ღ disse...

nossa, quanto tempo não vinha aqui... uma pena, porque suas poesias são tão lindas! Parabens pelo post 200!
;)

Tony Prado disse...

Outra poesia de toque altamente comunista. Boa, apesar da temática que não me agrada nem um pouco. Abraço.

Marcelo disse...

Huummm... tem gosto dos românticos anos 60 em que se acreditava nas rosas vencendo canhões..
Muito bonito...
Abs

广西休闲游戏中心 disse...

It seems my language skills need to be strengthened, because I totally can not read your information, but I think this is a good BLOG

Farming Net disse...

See you in these things, I think, I started feeling good!
Sports Net