sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

*Interna Nº521*



Mãe, sabe aquela música que ouvíamos?
Não tocou mais aqui na vitrola velha...
E lembra das tardes com nuvens rosas?
Está tudo tão cinza, mãe, tudo tão cinza.


Mentes esfoliadas pelo tempo me julgam,
Minha profissão envergonha meus filhos.
A terra secou e com ela minha branca pele...
Mãe sabe meu cabelo? Caiu, feito lágrima.

Eu e meu amor deitamos no meio da rua,
Mas ainda ficou algo cru e frio por fazer.
Mãe, ela não é mais meu amor, esquece...
Está tudo tão cinza, mãe, tudo tão cinza.

Esconderijo de soldados e prostitutas...
Altar para minhas doces drogas injetáveis.
Mãe, não deixe que me levem amarrada...
E sabe aquela música? Eu nunca ouvi...


By Camila Passatuto

33 comentários:

Paulo César disse...

não entendi o contexto!

Gabby disse...

Oi, te vi na comu "eu tenho um blog"

doreii seu texto, vc q feez neh..mto profundo ;D

comenta no meuu tbm ;D
www.my-innocence.zip.net

reflexões disse...

interessante... perturbador!!!!

ED CAVALCANTE disse...

A MÚSICA É SÓ UMA METÁFORA, NÉ? É ASSIM QUE ENTENDO, ACHO Q VC FALA DE SENTIMENOS, SOFRIMENTOS!

Adoniran Leblon disse...

Eu achei bem forte e dramático e fiquei curiosíssimo pra saber mais sobre o que você imaginou, qual o contexto, qual a inspiração, se é histórico, pessoal (vai saber), crítico do que... Já que podemos perguntar direto na fonte, cá estou eu perguntando...

Mas quanto à minha impressão de leitor, passou a idéia de crise, de revolta, de raiva, de rejeição do mundo, algo assim...

Adoniran Leblon disse...

hahahahahaa.... nenhuma interpretação está errada, ainda que existam várias e elas sejam bem diferentes, não é mesmo?

É bom que você seja crítica sobre sua vida, sua trajetória e sua profissão... Mas saiba não deixar que as mais altas aspirações de seu idealismo explodam os alicerces do ânimo necessário para explorar ao máximo o potencial do realismo de que todos somos capazes, entende? O mundo às vezes parece fugir dos rascunhos da perfeição, mas e aí? Então desestiremos de tudo e... e é isso? Fazer o melhor possível, para o mundo e para nós mesmos, é um ideal viável...

Ícaro Vinícius disse...

^
^
^
uau!!!!

Quantos críticos!!! =]

Não sei se foi a sua intenção mas quando acabei de ler seu poema as músicas pareceram ser claramente uma nostalgia utópica... Saudades daquilo que vc nao vivenciou!



Abraços!!!!!!!

Heliana-tradutora disse...

Nossaaaaa que forte!!!!!
imaginei cenas....demais!

Lara Sousa disse...

Bonito,treiste e ralista
;D

beeeijo

dika disse...

só vou comentar quando descobrir o que "nº521" significa. :Z

será que é? ou é? e se for... ?
uhnmm
aaaaaaaaaaaaaahhh
.

Adriana Lima

Matheus disse...

Nossa... suas palavras sempre me chama a atenção... Vc e uma Bela Poetisa!!! suscesso de coração para vc!!!

Por Ricardo Cazarino disse...

Olá, poxa, um texto um tanto pertubador como o sentido da personagem. Soube ousar e usar bem as palavras para descrever momentos amargos da vida....

IssoÉBizarro disse...

Você é realmente a dona dessas palavras!

Manda muito bem!

Abrass

RENATO BIAO disse...

triste...belo e triste.

http://www.correleg.blogspot.com/

Nana Lopes disse...

Preciso dizer que a musica me deu angustia e o texto tem um que de sombrio...combinou com tudo inclusive com a imagem.
Legal

nana lopes disse...

Desculpe..
A musica era de outro blog que abri junto,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O silencio coube melhor

jlou disse...

Nossa forte e deixa aquela sensação de desconforto! Sei lá pq...

Abraços

www.jlouthings.blogspot.com

Danilo Moreira disse...

Pra mim é um retrato dramatico e poetico de um dependente quimico cujo sentimentos estão confusos, tipo, ele quer se tratar mas ao mesmo tempo nao quer.

Cruzes, me senti um psicanalista...rs

Bjs!!!

Prazer em conhecer seu blog.
Show!!!!

----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Liberdade
----------------------------------

Abel disse...

Engraçado, parece que no fim tudo o que ela queria era que a mãe a ouvisse. Ouvisse a música, a ouvisse.
Ouvisse.

=/

Abçs,
Abel

Tata Marques disse...

Certa vez, mostrei uma composi�o minha a um amigo. Depois de ouvir, ele me olhou bem nos olhos e perguntou: "Mas, de onde � que vc tira tanta tristeza?".
Bom, ainda que as 'hist�rias' n�o sejam minhasw de fato, a tristeza sempre � de alguma forma. Mas, como ningu�m nunca � um s� isso n�o quer dizer que me acabo em l�grimas invis�veis o tempo todo, apenas por ser art�sticamente - extremamente - triste em determinado momento (pode at� ser, mas ningu�m vai saber ao certo, s� o psiquiatra - e se eu contar). Ou seja, acho que captei a mensagem do texto. Gostei. Boa poesia n�o precisa de explica�o.

Tiago Enes disse...

Oi

O Blog tá muito legal!
Bons posts!

Parabéns!

Abraço!


Se puder visite!!!

http://tiagoenes.blogspot.com/

Karen Lima disse...

profundo, consfuso e bonito!
adorei o poema!
beijos té mais!

Thiago! disse...

Como disseram,deixa uma sensação de desconforto...mas é bom!

^^

Karen Lima disse...

passando aqui denovo!
quando der passa no meu blog!
beijos, até mais!

Fábio Buchecha disse...

Nossa... Fiquei com impressão de ter lido o relato de uma vida desperdiçada. Como disseram muitos aí em cima, perturbador.

___________________________________
TemPraQuemQuer <<< Entra!

Karla Hack disse...

uma tristeza pesarosa de seu texto..
Ser diferente as vezes é o que basta para ser insana...

;D

bjus

Liliane Sastre Nunes disse...

Muito bonito o texto.
Me fez lembrar de muita coisa.
Mãe verdadeira. Parece uma oração.
Passa no meu e me faz uma visita:
http://rabiscancia.blogspot.com/

Camila disse...

Oiii, comentando pela comu "Central de divulgação de blogs".
Caraca, vc escreve mto bem, hein?
Mto profundo, meio triste até...
Parabéns por escrever assim!
Bjs.

Nana Lopes disse...

Passando para ver as novidades!
bom fim de semana!

Natália Coelho disse...

Seu poema é muito forte!Gostei

quanto ao seu comentário no meu,aqui em Bh se vê de tudo!

Natália disse...

triste e belo. gostei do blog, dos poemas, escreve muito bem. (8,00 reais de multa na bilio? esse mes tenho 32,00 p pagar¬¬)

abçs!!

名城苏州游戏中心 disse...

Although we have differences in culture, but do not want is that this view is the same and I like that!

Farming Net disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
fishing net